Releases Associadas

PIRELLI CINTURATO, UM NOME SINÔNIMO DE TECNOLOGIA E SEGURANÇA, COMEMORA SEU 70º ANIVERSÁRIO

NOVO CINTURATO P7 SE PREPARA PARA FAZER SUA ESTREIA

 

Milão, 6 de março de 2020 – O Pirelli Cinturato tem 70 anos. Nasceu quando a mobilidade em massa estava decolando, mas agora está pronto para expandir com o iminente lançamento do mais recente Cinturato P7, que se beneficia de sete décadas de desenvolvimento técnico contínuo. O Cinturato também é o pneu mais versátil da linha Pirelli Velo e está equipando as e-bikes Cycl-e Around da Pirelli, um serviço de compartilhamento de bicicletas concebido para promover mobilidade sustentável. Mas não é só isso: o desenvolvimento de pneus inteligentes conectados à rede 5G continua em ritmo acelerado, com o novo Cinturato P7 se preparando para o futuro da mobilidade e das cidades inteligentes.

 

O NOVO CINTURATO P7: MAIS SEGURO E MAIS EFICIENTE

A nova geração do Cinturato P7 destaca as principais prioridades para os usuários comuns das estradas: segurança e eficiência. Graças a um intenso programa de pesquisa e desenvolvimento, os engenheiros da Pirelli criaram um produto de alta tecnologia capaz de superar muitos dos compromissos tradicionalmente associados aos pneus e que concilia requisitos aparentemente conflitantes, como desempenho em pisos molhados e baixa resistência ao rolamento. Este é o resultado direto da tecnologia do novo Cinturato P7, beneficiando motoristas e fabricantes de automóveis.

Este novo pneu para carros premium, além de manter o desempenho em tempo seco do seu antecessor, melhora toda a experiência de condução no que diz respeito ao manuseio em piso molhado e à resistência à aquaplanagem. A frenagem em piso molhado dá um passo à frente, em particular, com até quatro metros a menos necessários para parar a 100 km/h. As inovações introduzidas pelos engenheiros da Pirelli também melhoram o conforto acústico (cortesia do menor ruído na estrada) e o conforto na condução, com o novo pneu agora capaz de absorver mais impactos da rua. A vida útil dos pneus aumenta em 6%, o que significa que os motoristas podem demorar mais tempo antes de trocar os pneus. Sublinhando a eficiência do novo Cinturato P7, a resistência ao rolamento cai um nível graças a uma redução de 12%, melhorando o consumo de combustível em 4% (no ciclo WLTP) e reduzindo as emissões de CO2.

O novo P7 também pode se beneficiar das outras especialidades da Pirelli, como Run Flat e Seal Inside, que permitem que os motoristas continuem dirigindo mesmo após um furo. Também haverá uma versão Elect, que identifica os pneus Pirelli feitos especialmente para carros elétricos ou híbridos plug-in.

 

CINTURATO: PRONTO PARA A REDE 5G PARA MELHORAR A MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

O novo Cinturato P7 também fará parte do programa de pesquisa Cyber ​​da Pirelli, já que a empresa italiana foi a primeira a conectar um pneu à rede 5G. Atualmente, essa tecnologia está sendo desenvolvida para uso futuro nas cidades inteligentes que estão chegando. A Pirelli foi a primeira empresa global de pneus a compartilhar informações coletadas através de pneus inteligentes na rede 5G, capitalizando que o pneu é a única parte do carro a entrar em contato direto com a estrada, com a capacidade de alertar sobre situações potencialmente perigosas, como aquaplanagem. Em um futuro próximo, a infraestrutura de telecomunicações 5G poderá coletar todas essas informações dos pneus e informar outros veículos sobre as situações que surgirem, melhorando diretamente a segurança rodoviária. Tudo isso eleva o pneu a uma importante ferramenta de comunicação que pode, finalmente, beneficiar todo o ecossistema de transporte, contribuindo ativamente para a mobilidade futura e sistemas de direção autônomos.

 

CINTURATO PARA PIRELLI CYCL-E AROUND

Novas formas de mobilidade alternativa estão surgindo em cidades de todo o mundo com o objetivo comum de melhorar a sustentabilidade. Em 2019, a Pirelli lançou seu programa Cycl-e Around: um serviço all-inclusive de aluguel de bicicletas premium com assistência elétrica com pneus Pirelli. A mais recente linha dessas e-bikes usa pneus Pirelli Cinturato Gravel, especialmente projetados para lidar com todos os tipos de clima e condições de superfície, dentro e fora da cidade. O pneu Pirelli Cinturato Gravel, lançado no final de 2019, responde à crescente demanda por bicicletas mais confortáveis ​​e adaptáveis ​​do que o ciclista tradicional, com capacidade para trabalhos leves fora de estrada. A Pirelli criou o composto SpeedGRIP, especialmente para o pneu Cinturato Gravel, para enfrentar com segurança todas as situações que um ciclista provavelmente encontrará, tanto no molhado quanto no seco.

 

PIRELLI CINTURATO: UMA HISTÓRIA DE SEGURANÇA E TECNOLOGIA QUE VEM DA DÉCADA DE 1950

Setenta anos atrás, os engenheiros da Pirelli experimentaram o primeiro protótipo de um pneu inovador que deu à luz uma família inteira. Na época, ainda não era chamado de Cinturato, mas estava escondendo uma verdadeira revolução da indústria sob sua banda de rodagem. Ao longo da história da fabricação de pneus, houve relativamente poucas mudanças verdadeiramente radicais, mas uma delas foi definitivamente a introdução de pneus radiais que a Pirelli desenvolveu usando reforços têxteis e metálicos. O “novo pneu fabuloso com seu próprio cinto de segurança no interior” – como o Cinturato foi descrito pelo departamento de marketing da Pirelli na época – passou a equipar os carros mais importantes de sua época. Desde o início, o pneu ‘367’ foi escolhido por fabricantes como a Lancia, mas a próxima evolução deste pneu de referência introduziria o Cinturato nos carros mais desejáveis ​​do mundo. Com a introdução do Cinturato CA67, CN72 e CN73, a Pirelli inventou o conceito de pneu esportivo para as ruas – o que era necessário para proporcionar o máximo de aderência possível para supercarros que definiam aquela época, como os Ferrari 250 GT e 400 Superamerica, Lamborghini 400GT e Miura, Maserati 4000 e 5000. O CN12 marcou o início de pneus de perfil baixo, capazes de oferecer ainda mais desempenho. O jogo continuou mais uma vez com a introdução do CN36, que nasceu para carros de rua, mas também deixou sua marca no rali. Usando essa experiência, outras evoluções do Cinturato, como o CN54, foram criadas posteriormente.

 

DO PRIMEIRO CINTURATO P7 AO P ZERO

Em meados da década de 1970, a próxima grande revolução na família Cinturato havia sentido sua presença. Criado para o rali em geral e o Lancia Stratos em particular, o primeiro Cinturato P7 continha inovações disruptivas, como cintura de nylon de grau zero e, acima de tudo, um perfil ultrabaixo. Os primeiros carros a adotá-lo nas ruas foram o Porsche 911 Carrera Turbo, Lamborghini Countach e De Tomaso Pantera. O P7 foi rapidamente seguido pelo P6: um pneu menos esportivo, mas com uma ampla gama de aplicações em potencial. Depois, havia o P5, criado especificamente para a Jaguar, que havia pedido à Pirelli o pneu mais silencioso possível com o máximo conforto de condução. Nos anos 80, nasceram os P600 e P700, sucessores dos P6 e P7, respectivamente. Eles se concentraram em melhorias de segurança, como aderência em piso molhado e curvas. Quando os anos 90 chegaram, o P6000 e o P7000 estavam no mercado, melhorando ainda mais a segurança e o desempenho. Enquanto isso, os engenheiros da Pirelli haviam trabalhado em mais uma revolução para equipar o poderoso carro de rali Lancia S4. Este animal precisava de pneus sob medida para lidar com o poder brutal que era capaz de gerar, e assim nasceu o P Zero. Mas isso é outra história.

 

O P7 NASCE NOVAMENTE

Em 2009, o nome Cinturato P7 retornou, com destaque para sua capacidade de reduzir o consumo de combustível e as emissões nocivas, o uso de materiais ecológicos e com dirigibilidade e frenagem aprimorados. A família cresceu com a introdução das versões de inverno e all-season, que ainda hoje fazem parte da linha e acumularam mais de 400 homologações. Isso mostra como o Cinturato P7 sempre foi o favorito entre as montadoras, graças também à sua capacidade de acompanhar as últimas tendências automotivas. O Cinturato P7 acompanhou todas as inovações revolucionárias introduzidas nos últimos anos: eletrônicos avançados, sistemas de assistência ao motorista, carros híbridos e elétricos. Hoje, o novo Cinturato P7 se baseia nesse patrimônio e é lançado com 60 homologações já em seu nome. Mais do que nunca, apresenta os dois princípios orientadores que moldaram o seu desenvolvimento desde os anos 50 até agora: segurança e eficiência.

 

Fotos em alta resolução da história do Pirelli Cinturato: https://we.tl/t-Rq9LWETyMo

 

 

*
Facebook: @pirellibrazil   |   Twitter: @Pirelli_Br   |   Instagram: @pirelli_br   |   LinkedIn: @Pirelli

www.campneus.com.br —– www.pirelli.com