Releases Associadas

PIRELLI F1 – GP DA RÚSSIA: PNEUS DO MEIO DA GAMA PARA O ASFALTO LISO DE SOCHI

 

Milão, 23 de setembro de 2019 – O circuito de Sochi possui asfalto bastante liso, com pneus do meio da gama P Zero da Fórmula 1 sendo selecionados para este ano. O C2 como branco duro, o C3 como amarelo médio e o C4 como vermelho macio. Esta é uma seleção de pneus um nível mais dura do que a feita para a Rússia em 2018 e, também, em relação ao usado no Grande Prêmio de Singapura no fim de semana passado.

 

CARACTERÍSTICAS DA PISTA

→  O Grande Prémio da Rússia sempre foi conhecido pelo asfalto liso quando se juntou ao campeonato em 2014, com o piloto da Mercedes, Nico Rosberg, capaz de completar praticamente toda a corrida com apenas um jogo de pneus. Desde então, a superfície amadureceu e ficou mais áspera, o que, combinado com um traçado que não é particularmente severo, resulta em uma pista que não é especialmente exigente para os pneus.

→  A exceção é a curva três, a mais exigente do circuito. Ela possui várias tangências à esquerda, característica similar à famosa curva oito do circuito de Istambul, na Turquia. Em geral, o traçado exige mais da tração e da frenagem, com o pneu dianteiro direito sendo o mais exigido.

→  No ano passado, os compostos macio, ultramacio e hipermacio de 2018 foram escolhidos para esta prova, um nível mais macio do que o escolhido para este ano. Uma seleção mais dura, desta vez, deve garantir que os pilotos sejam capazes de acelerar ao máximo ao longo de cada trecho da corrida, ao invés de dependerem do gerenciamento dos pneus, e, também, deve lidar bem com quaisquer alterações na superfície da pista.

→  Uma parada para troca de pneus é o padrão. No ano passado, o piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, venceu largando na segunda colocação fazendo uma parada ao trocar o composto ultramacio pelo macio, enquanto Max Verstappen, da Red Bull, fez o oposto, saindo do macio para o ultramacio, para terminar em quinto mesmo largando do fim do grid.

→  As condições meteorológicas podem ser bastante variáveis. No ano passado, houve chuva antes da corrida, mas em outros anos tem havido muita luz do sol. Uma possibilidade real de chuva está prevista para este ano.

→  A Mercedes ganhou todos os Grandes Prêmios já realizados na Rússia, incluindo as duas primeiras corridas, realizadas em São Petersburgo, em 1913 e 1914.

 

MARIO ISOLA – GERENTE MUNDIAL DE MOTORSPORT DA PIRELLI

“Com a Rússia agora restabelecida em sua data de outono, tendo voltado para este período do ano em 2018, vai ser interessante ver o que mudou em comparação com o ano passado. Estamos trazendo pneus do meio da gama, um nível mais duro dos usados anteriormente, que devem ser bem adequados para uma grande variedade de condições. As forças longitudinais, ao invés das laterais, são a principal influência sobre os pneus aqui, com alto grau de evolução da pista ao longo do fim de semana. Antecipar o acerto do carro e a estratégia dos pneus em relação aos requerimentos de mudança da pista será um dos fatores chave para o sucesso em Sochi. Um novo recorde de volta absoluta foi definido no ano passado por Valtteri Bottas, da Mercedes, na qualificação. Vamos ver se a marca será batida este ano”.

 

OUTRAS NOTÍCIAS DA PIRELLI

→  A Pirelli conquistou todas as posições do pódio recentemente com seu mais novo pneu de rali em cascalho durante uma etapa do WRC2 na Turquia, amplamente conhecido como o evento mais duro do Campeonato Mundial de Rali.

→  O programa de teste dos pneus de 18 polegadas da Fórmula 1 começou com a primeira sessão em Paul Ricard, na França, com a Renault, e o seu piloto de testes russo, Sergey Sirotkin. Ele completou mais de 200 voltas em dois dias, usando um Renault 2018 adaptado.

→  O líder do campeonato, Lewis Hamilton, fez uma escolha de pneus que ninguém mais fez para o Grande Prêmio da Rússia. Um pneu duro, quatro pneus médios (mais do que qualquer outro) e oito pneus macios.

 

OS PNEUS ESCOLHIDOS PARA ESTA TEMPORADA

 

 

Facebook: @pirellibrazil   |   Twitter: @Pirelli_Br   |   Instagram: @pirelli_br   |   LinkedIn: @Pirelli

www.campneus.com.br —– www.pirelli.com